Reservas internacionais da China caem em janeiro, mas ficam acima das expectativas

As reservas internacionais da China recuaram em janeiro, como era esperado, à medida que as saídas de capital aumentaram em meio ao fortalecimento do dólar. Dados publicados nesta quarta-feira, 7, pelo PBoC, como é conhecido o banco central chinês, mostram que as reservas da segunda maior economia do mundo somavam US$ 3,219 trilhões no fim do mês passado, queda de US$ 18,66 bilhões em relação a dezembro. O resultado de janeiro, no entanto, superou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam declínio maior das reservas, a US$ 3,212 trilhões. Fonte: Dow Jones Newswires.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes