Grupo GPA lamenta morte de Abilio e destaca contribuição de empresário para varejo brasileiro

O Grupo Pão de Açúcar emitiu nota lamentando a morte de seu fundador, o empresário Abilio Diniz, que faleceu neste domingo, 18.

"Lamentamos profundamente a perda do empresário Abilio Diniz. Sua significativa contribuição para o crescimento e consolidação do varejo brasileiro é inegável, especialmente pela sua história no GPA. Sua liderança e inovações moldaram o setor, impactando positivamente a economia nacional e inspirou gerações", diz a nota, enviada pela assessoria de imprensa.

"Que sua memória seja honrada e seu legado continue a inspirar o empresariado no Brasil. Nossos sentimentos à família e amigos neste momento difícil", diz o GPA, em nota.

O empresário foi o fundador do Grupo Pão de Açúcar, no qual comandou até 2013, após fechar acordo com o grupo francês Casino. O conglomerado francês, que controla a rede varejista desde 2012, cobrava a saída do empresário da presidência do conselho desde que Abílio passou a comandar também o conselho do BRF - um dos fornecedores do Pão de Açúcar. A sua saída marcou o fim do conflito.