Aumenta a confiança da indústria, diz pesquisa da FGV

O Índice de Confiança da Indústria (ICI), do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/Ibre), apontou uma alta de 1,8 ponto em janeiro, atingindo 97,4 pontos. Esse é o melhor resultado desde agosto de 2022, quando atingiu 100,0 pontos. Na média móvel trimestral, o índice registrou um avanço de 2,2 pontos, chegando a 95,4 pontos.

Conforme a sondagem, 15 dos 19 setores industriais pesquisados apresentaram aumento do ICI.

O levantamento também apontou que houve uma melhora nas perspectivas sobre a produção nos próximos três meses, com um aumento de 3,6 pontos, alcançando 99,3 pontos. A tendência dos negócios nos próximos seis meses também avançou 2,8 pontos, atingindo 96,5 pontos, o maior patamar desde setembro de 2022.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria (Nuci) manteve relativa estabilidade, variando -0,1 ponto porcentual em janeiro, para 81%.

Para o economista do FGV/Ibre Stéfano Pacini, o resultado pode estar relacionado "a um cenário de facilitação de crédito, controle da inflação e de melhora na demanda durante o ano que se inicia".

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.