Haddad mantém agenda com Georgieva, do FMI, mas com participação virtual por causa da covid-19

O Ministério da Fazenda atualizou a agenda desta segunda-feira, 26, do ministro Fernando Haddad, que testou positivo para a covid-19, o que afeta sua participação presencial nos eventos do G20 no Brasil. Ele ainda fará as reuniões com o Fundo Monetário Internacional (FMI), participando virtualmente do encontro com a diretora do fundo, Kristalina Georgieva.

Haddad será substituído pelo secretário-executivo adjunto da Fazenda, Rafael Dubeux, na mesa de abertura do evento "Fórum Governos e Banco Centrais na era da mudança climática", em uma conversa com Mark Carney no Hotel Rosewood, em São Paulo.

A partir das 16h30, Haddad cumprirá remotamente duas agendas com o FMI.

O primeiro encontro é com Afonso Bevilaqua, diretor executivo do Brasil no Fundo, e os dois vão tratar do alinhamento bilateral do fundo.

A partir das 17h15, Haddad participa virtualmente de uma agenda bilateral com a diretora do FMI, Kristalina Georgieva, em que discutirão a economia brasileira, o apoio do FMI na agenda do Brasil na presidência do G20 e opções na reforma das instituições financeiras internacionais.