Haddad diz que visitará Pacheco semana que vem para ouvi-lo sobre plano de dívidas aos Estados

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou nesta quarta-feira, 27, que deve se reunir, na semana que vem, com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), para ouvir sua avaliação sobre a proposta de renegociação das dívidas dos Estados feita pela pasta. Conforme mostrou o Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, a proposta com condicionantes de investimentos em educação desagradou ao senador e, segundo fontes, a forma como ela está colocada não contará com o apoio de Pacheco para andar na Casa Legislativa.

"Toda e qualquer sugestão que parta de pessoas com esse nível de compromisso com interesse público, seja Rodrigo Pacheco, sejam senadores e deputados com mesmo intuito de ajudar o Brasil, essas propostas todas serão consideradas", disse Haddad, em entrevista nesta quarta-feira, 27, à Rádio Itatiaia.

O ministro da Fazenda disse que o senador mineiro é quem está "apadrinhando" o pacto federativo. "Ele, como presidente do Senado, tem toda legitimidade para ter protagonismo nesse processo" sobre a dívida dos Estados.