Expedição de caixas de papelão ondulado avança 11,7% em fevereiro, diz Empapel

As expedições de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado somaram 326,735 mil toneladas em fevereiro, o que representa um aumento de 11,7% na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com os dados da Associação Brasileira de Embalagens em Papel (Empapel).

A entidade destaca que o resultado para fevereiro é o segundo maior da série histórica, desde quando o volume começou a ser calculado em 2005. Também marca o quinto ano consecutivo em que o mês alcança uma expedição acima de 290 mil toneladas.

De acordo com a Empapel, o Índice Brasileiro de Papelão Ondulado (IBPO) avançou 11,1% em fevereiro na comparação com o mesmo mês do ano anterior, para 145,5 pontos.

O volume de expedição por dia útil foi de 13,614 mil toneladas em fevereiro, alta de 6,5% na comparação interanual. Em 2024, fevereiro registrou um dia útil a mais na comparação com o mesmo mês em 2023.

Já nos dados livres de influência sazonal, o resultado de fevereiro registra alta de 1,4%, para 156 pontos. Na mesma métrica, o volume expedido de papelão ondulado no mês foi de 349,645 mil toneladas. A expedição por dia útil foi de 14,569 mil toneladas, uma alta de 9,8% em relação ao mês imediatamente anterior.

Segundo a Empapel, o nível registrado em fevereiro nos dados dessazonalizados foi o terceiro maior da série histórica, ficando atrás do apurado em setembro de 2020 (351,314 mil toneladas) e em fevereiro de 2023 (361,020 mil toneladas).