Embraer e Eve assinam memorando com ADP para fortalecer operações no Aeroporto Paris-Le Bourget

A Embraer informou nesta sexta-feira, 17, que juntamente com a Eve Air Mobility, assinou um Memorando de Entendimento (MoU) com o Grupo ADP (Aéroport de Paris) com foco em inovação e desenvolvimento sustentável. O acordo tem o objetivo de preparar o futuro da aviação com zero emissão de carbono no Aeroporto de Paris-Le-Bourget e seu entorno, além de fortalecer as operações da Embraer em sua unidade localizada no principal aeroporto de aviação executiva da Europa.

Segundo a empresa, o MoU inclui a criação de novas instalações para aprimorar as operações de manutenção de aeronaves da Embraer, a preparação para a futura família Energia e apoio ao desenvolvimento de operações de Mobilidade Aérea Avançada, com as aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical (eVTOLs).

Como parte deste plano, a Embraer Serviços & Suporte pretende projetar e transferir suas instalações de manutenção atuais para um novo hangar, com o objetivo de aumentar sua capacidade, atendendo aos padrões mais avançados em construção de baixa emissão e autossuficiência energética. A expectativa é a de que as novas instalações de manutenção mais que dobrem a capacidade da unidade.

A Eve pretende trabalhar com o Grupo ADP para preparar o ambiente necessário para as operações do eVTOL, incluindo atividades de serviço e suporte como treinamento, manutenção, serviços de assistência em escala, além de facilitar potenciais voos de demonstração para iniciativas público-privadas.

Já o Grupo ADP pretende disponibilizar sua expertise para apoiar futuras operações de aeronaves da família Energia em Paris-Le Bourget, com estudos de infraestrutura focados em hidrogênio. O programa Energia da Embraer foi atualizado no ano passado com dois modelos de aeronaves-conceito, de 19 e 30 assentos, com propulsão híbrida-elétrica e propulsão elétrica de hidrogênio.

"Estamos orgulhosos com o fortalecimento da presença e das atividades da Embraer e da Eve no aeroporto de Paris-Le Bourget. Sabemos que elas serão excelentes parceiras para avançarmos na transição para a aviação de baixo carbono, especialmente aeronaves de pequeno porte", afirma Edward Arkwright, diretor-geral executivo e CEO do Grupo ADP, em nota.

O presidente e CEO da Embraer Serviços & Suporte, Carlos Naufel, afirma que as novas instalações em Le Bourget reforçarão o compromisso com a excelência em serviços, crescimento, sustentabilidade e inovação.

"A Eve e o Grupo ADP têm uma visão compartilhada para tornar a aviação mais sustentável e essa colaboração representa uma excelente oportunidade para apoiar esta transição", acrescenta Johann Bordais, CEO da Eve Air Mobility.