Vendas de materiais de construção crescem 1,2% em junho na comparação anual, diz Abramat

As vendas da indústria de materiais de construção em junho subiram 1,2% em relação ao mesmo período do ano passado. O aumento das vendas foi puxado pelos materiais de acabamento, com expansão de 2,9%, enquanto os itens de base avançaram apenas 0,2%. Os dados foram divulgados hoje pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat).

Com esses resultados, a indústria de materiais de construção terminou o primeiro semestre com um crescimento de 3,0%. Ao longo do ano, as vendas de itens de acabamento subiram 6,1%, e a de básicos, 1,0%.

Já no acumulado dos últimos 12 meses até junho, o setor teve alta de 0,7% nas vendas, sendo 0,3% em acabamento e 1,0% em básicos.

Há duas semanas, a projeção para as vendas da indústria de materiais em 2024 foi elevada de 2% para 3%, de acordo com os novos cálculos da Abramat em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV). A expectativa mais otimista é reflexo de um aumento na demanda de materiais tanto por parte das construtoras quanto das famílias.

"Esse otimismo é impulsionado pela retomada de investimentos em infraestrutura e construção civil, além de políticas governamentais voltadas para o setor, que visam acelerar a geração de empregos e renda", afirmou o presidente da Abramat, Rodrigo Navarro, em nota.

Deixe seu comentário

Só para assinantes