PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

A tarifa de energia subiu 15,23%; veja como economizar na conta de luz

06/07/2015 09h02

SÃO PAULO – No último sábado (4), a Eletropaulo aumentou as tarifas de energia para 15,23%. Conforme aprovou a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), para grandes consumidores, como indústrias, a organização sugere um aumento de 11,73%, e para consumidores conectados à baixa tensão, como residenciais, a alta será de 17,04%.

O valor médio da energia da Eletropaulo agora é de R$ 436,11 por MWh (megawatt-hora). Em janeiro de 2013, quando o governo aplicou os efeitos da MP 579/2012, que reduziu a conta de luz, o valor era de R$ 238,01 por MWh.

Nos últimos dois anos e meio, o aumento da energia foi de 83,23%, considerando os reajustes ordinários de 2013 e 2014, o reajuste extraordinário de fevereiro deste ano, de 31,91% e a revisão tarifária aprovada no final do mês passado.

Veja algumas dicas de como evitar sentir no bolso a alta na conta de luz:

1- Troque as lâmpadas
A lâmpada incandescente pode parecer mais barata porque custa menos na hora da compra, mas, em geral, a fluorescente compacta quatro vezes mais econômica e dura de oito a dez vezes mais.
Em um ano, somente trocando as incandescentes por fluorescentes compactas equivalentes, a economia é de cerca de R$ 230, em um apartamento de dois quartos.

2- Atenção à eficiência energética
As geladeiras são eletrodomésticos que gastam bastante energia, mas é possível economizar escolhendo o modelo de acordo com a eficiência energética. O modelo mais simples, de uma porta, classificado como A em comparação a um classificado como E, representa uma economia de R$ 54 em um ano.
Em geladeiras maiores essa relação pode ser até superior. Um combinado, em média de 300 litros, por exemplo, pode economizar mais de R$ 100 por ano.

3- Tire da tomada
Quando não estiver utilizando os aparelhos eletrônicos, tire-os da tomada. Se somarmos todos a aparelhos de TV da casa, além do forno de micro-ondas e outros que ficam ligados direto na tomada, a conta de energia pode aumentar bastante.

4- Acumule a roupa suja
As máquinas de lavar gastam a mesma quantia de energia elétrica, independente da quantidade de roupa que foi colocada dentro. Por isso, a recomendação é que o consumidor não use a máquina para lavar pequenas quantidades de roupa e, sim, aproveite a capacidade total indicada pelo fabricante.
Além disso, na hora de passar, acumule a maior quantidade possível de roupas e utilize a temperatura indicada no ferro para cada tipo de tecido, deixando as roupas mais leves para o final.

5- O vilão da conta
Os chuveiros são os verdadeiros vilões da conta de energia, sendo que ele de 25% a 35% do valor da conta. O consumo médio é de 88 kWh por mês para 8 minutos diários de banho em uma casa com quatro pessoas. No verão, deve-se ligar na posição mínima, o que pode gerar uma economia de até 43%. Com a água mais fria, o consumo mensal cai para 61,6 kWh ou menos R$ 15,43 na conta. A redução de três minutos no tempo de banho na potência máxima gera uma economia de R$ 19,19.