Preço das frutas em SP têm queda de 6,53% em maio

SÃO PAULO - O índice de preços dos produtos comercializados na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) registrou queda de 3,1% em maio. Segundo dados da companhia, essa é a segunda retração seguida. Os setores frutas, verduras e pescados recuaram. Já legumes e diversos mantiveram preços em patamares elevados, principalmente em razão das chuvas.

No mês passado, o preço das frutas comercializadas no mercado atacadista caiu 6,53%. As principais quedas foram do mamão formosa (-37,8%), uva rubi (-34,3%), uva niagara (-27,2). Em contrapartida, as maiores altas foram observadas na goiaba vermelha (33,9%), manga tommy (33,5%) e limão taiti (29,2%).

O setor de verduras também recuou,  -15,17%. As principais quedas foram do coentro (-45,1%), salsa (-32,8%) e alface lisa (-31,9%). Já os produtos com as maiores cotações foram da couve-flor (33,5%), brócolis ninja (18,2%) e couve (8,9%).

O segmento de legumes registrou alta de 13,24%. As principais elevações foram da vagem macarrão (116,9%), quiabo (101,2%), abobrinha brasileira (46,4%) e pepino japonês (46,9%). As principais quedas foram do pimentão amarelo (-40,1%), beterraba (-32,5%), cenoura (-28,2%) e abóbora japonesa (-14,4%). 

No acumulado do ano, indicador de preços do Ceagesp subiu 11,96%. Nos últimos 12 meses, a elevação dos preços praticados atingiu 29,24%. De acordo com a companhia, mesmo com as chuvas fora de época nas regiões produtoras do sul e sudeste, a tendência para os próximos meses é de redução dos preços praticados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos