BTG Pactual recomenda compra para ação mesmo após má notícia; entenda

SÃO PAULO – A equipe de análise do BTG Pactual elaborou relatório em que recomenda compra para os papéis da Telefônica Brasil (VIVT4). Os analistas ainda estimam um preço-alvo para os próximos doze meses de R$ 55,00 para as ações da empresa de telecomunicações, o que totaliza um potencial de valorização de 26,15% em relação ao fechamento do dia 10 de outubro de 2016.

Os analistas destacam a saída do atual CEO (Chief Executive Officer) da companhia. Amos Genish sairá no fim do ano e será substituído por outro diretor da companhia, Eduardo Navarro. Amos seguirá no conselho da empresa, no entanto.

A instituição financeira afirma que, enquanto o executivo está saindo mais cedo do que o esperado pela maioria, a integração com a GVT se mostrou muito além das expectativas. As sinergias não apenas ajudaram os resultados da companhia sequencialmente, como também já foram revisadas para cima duas vezes.

Para o BTG Pactual, a saída de Amos é definitivamente uma má notícia, mas com a transição da GVT nesse ponto, os riscos de execução são muito menores. Além disso, os analistas destacam a trajetória do novo CEO, que está na companhia há dezessete anos, ocupando várias posições executivas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos