PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Justiça libera comercialização de defensivo agrícola em Mato Grosso

01/11/2016 10h34

Depois de uma longa batalha judicial, a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e a Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa) conseguiram a liberação para o uso, transporte, comercialização e armazenagem do benzoato de emamectina. 

A importação do defensivo, utilizado para o combate da lagarta Helicoverpa Armigera, é proibida no Brasil e só foi autorizada em Mato Grosso para atender algumas regiões em situação de emergência fitossanitária.

Apesar do recurso que suspende a proibição do Ministério Público Federal, as entidades esclarecem que para adquirir o produto ainda é preciso seguir os procedimentos previstos na instrução normativa nº007/2016.

Ou seja, ainda é preciso identificar se a propriedade onde se pretende usar o benzoato de emamectina está localizada em um dos municípios declarados com emergência fitossanitária. Além disso, o produtor pode solicitar até duas aplicações por cultura e por safra e, caso haja sobra do defensivo, deve entregar o restante em uma unidade do Indea (Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso).

O prazo de vigência de emergência fitossanitárias em Mato Grosso, que dá condições de uso ao benzoato, termina no dia 15 de janeiro de 2017.