PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Benndorf troca três ativos na carteira recomendada para 2ª quinzena de outubro

15/10/2019 12h04

A Benndorf Research atualizou nesta terça-feira a carteira de ações recomendada para os 15 últimos dias do mês. Além dos rebalanceamentos tradicionais, a casa de análises também realizou modificações, com trocas de Unidas por JSL (SA:JSLG3), de Pão de Açúcar (SA:PCAR4) no lugar de Vale (SA:VALE3) e de Direcional (SA:DIRR3) por Eztec (SA:EZTC3). Além disso, encerrou a posição em CPFL Energia (SA:CPFE3).

Trocas intersetoriais:

Unidas por JSL: "Ainda participando do forte crescimento do RAC (através da Movida (SA:MOVI3)), estamos migrando para JSLG3 (SA:JSLG3) para busca também maior exposição ao B3B (outsourcing), setor em destaque dentro da expectativa de recuperação do PIB (leve) em 2020. Recomendamos a compra do papel também para aqueles que não estavam posicionados em LCAM3 (SA:LCAM3). Recomendamos compras mais agressivas com alvo nos R$ 22 e stop na perda dos R$ 15,50", diz o relatório enviado a clientes.

Direcional (SA:DIRR3) por Eztec (SA:EZTC3): "Com um fluxo mais pesado nas empresas voltadas para MCMV (provavelmente com receios de limitações no FTGS e funding para o programa), vamos espaço para uma migração para empresas voltadas para a médio / alta renda com troca para EZTC3. Recomendamos compras moderadas com alvo nos R $44 e stop na perda dos R$ 34,50".

Demais trocas:

Pão de Açúcar (SA:PCAR4) no lugar Vale: "Apesar de descontada, estamos seguindo com o nosso stop em VALE3 (SA:VALE3) e reduzindo a nossa exposição ao cenário macro global (commodities). No lugar estamos adicionando PCAR4 após quase -20,00% de queda desde o último topo nos R$ 95,00 reais (nosso alvo) com um papel relativamente descontado frente os peers. Gostamos do nome e vimos resultados nos esforços de reestruturação operacional nos últimos dois trimestres. Esse fato, combinado à expectativa de um cenário "mais leve" nos próximos trimestres elevam a expectativa de melhora no consumo. Recomendamos compras moderadas com alvo nos R$ 95,00 e stop na perda dos R$ 76,00".

Composição: 14% - B3 e JSL (SA:JSLG3); 10% - Bradesco (SA:BBDC4) e Eztec (SA:EZTC3); 9% - IRB (SA:IRBR3); 8% - Minerva (SA:BEEF3) e Lojas Renner (SA:LREN3); 7% - Tupy (SA:TUPY3), Petrobras (SA:PETR4) e Pão de Açúcar (SA:PCAR4); 6% - CVC (SA:CVCB3).

PUBLICIDADE