PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Gerdau recua após registrar queda de 59,1% no lucro do 3º trimestre

30/10/2019 11h32

Na parte da manhã desta quarta-feira, a Gerdau (SA:GGBR4) divulgou que fechou o terceiro trimestre do ano registrando lucro líquido de R$ 408 milhões, o que representa uma queda de 59,1% na comparação com os R$ 988 milhões registrado há um ano. Assim, os papéis eram negociados com perdas de 1,22% a R$ 12,95, por volta das 11h30.

Segundo a siderúrgica, o lucro líquido ajustado no período teve queda em relação ao mesmo período do ano passado, em linha com o comportamento do EBITDA, também suavizada por efeitos de itens não recorrentes no período.

Assim, o resultado operacional, medido pelo EBITDA ajustado apresentou perdas de 27,6%, alcançando os R$ 1,457 bilhão, que, comparado com o mesmo intervalo de 2018, apresentou queda semelhante ao lucro bruto e a margem bruta, mitigada ao expurgar os efeitos não recorrentes da reforma do Alto-forno da usina de Ouro Branco-MG, líquido de reversão/provisões tributárias no período, na ON Brasil.

Na base anual, informa a Gerdau (SA:GGBR4), a produção de aço bruto teve redução em razão, principalmente, do menor volume de produção da Operação de Negócios(ON) América do Norte, devido aos desinvestimentos de grande parte das operações de vergalhão nos Estados Unidos. Além disso, a queda na produção também foi influenciada pela parada programada de manutenção do Alto-forno1 de Ouro Branco-MG na ON Brasil.

Os analistas do Itaú BBA avaliam que os dados da Gerdau (SA:GGBR4) vieram dentro do esperado, apontado como destaque o fluxo de caixa livre, que foi positivo em R$ 1,9 bilhão, principalmente pela liberação de R$ 1,1 bilhão em capital de giro.

Para o banco, o Ebitda também ficou dentro do esperado, com impacto por despesas extraordinárias de R$ 238 milhões relacionadas à manutenção.