PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Carrefour Brasil abre com leve valorização após lucro 21% maior no 3º tri

07/11/2019 10h25

Na abertura dos negócios da manhã desta quinta-feira na bolsa paulista, as ações do operam do Carrefour Brasil (SA:CRFB3) operam com leve valorização depois da companhia informar que teve lucro líquido 21% maior no terceiro trimestre, para R$ 430 milhões. Os analistas esperavam, em média, um lucro líquido de R$ 466,08 milhões, segundo dados da Refinitiv.

Por volta das 10h15, as ações avançavam 0,58% a R$ 19,19.

As vendas brutas do Carrefour (SA:CRFB3) Brasil excluindo gasolina aumentaram 8,9% no terceiro trimestre, para R$ 14,4 bilhões, sustentadas por uma expansão contínua de sua unidade de atacarejo Atacadão e pelo crescimento do comércio eletrônico. As despesas operacionais aumentaram 8,9% na comparação anual, para R$ 1,95 bilhão.

O lucro ajustado antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) aumentou 13,9%, para R$ 1,129 bilhão, em comparação com uma estimativa consensual de R$ 1,08 bilhão compilada pela Refinitiv.

Para o BTG Pactual (SA:BPAC11), embora uma perspectiva econômica mais positiva signifique uma tendência melhor para a divisão de alimentos do Carrefour (SA:CRFB3) no 4T19, tanto na margem superior quanto na margem, a desaceleração da inflação de alimentos no período e um ambiente competitivo mais acirrado deixa o negócio mais complicado em relação a outros casos de investimento de alto crescimento, especialmente em comércio eletrônico, que devem superar o setor de varejo.

Na visão da Mirae Assset, o resultado foi mais fraco do que o esperado, como já havia sido indicado na prévia operacional divulgada anteriormente. Todavia os analistas seguem otimistas com o setor e com o Carrefour (SA:CRFB3), pois com a expectativa de recuperação da economia, recuperação gradual do emprego, juros e inflação baixos devem beneficiar o consumo.