ipca
-0,21 Nov.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Oil Insurance Limited (OIL) declara dividendos de $ 450 milhões e faz pequenas mudanças no Acordo de Acionistas

Oil Insurance Limited (OIL)

24/03/2018 13h52

HAMILTON, Bermudas, 24 de março de 2018 /PRNewswire/ -- A OIL realizou sua Reunião Geral Anual (AGM – Annual General Meeting) de Acionistas de 2018 na quinta-feira, 22 de março, no Fairmont Southampton Bermudas. Na reunião, a empresa realizou a revisão e a aprovação das demonstrações financeiras anuais de 2017, bem como a eleição de diretores.

Em 2017, a OIL registrou um prejuízo em underwriting de $ 71,3 milhões. Após faturização (factoring) de receitas líquidas de investimento e despesas administrativas, a receita líquida da OIL no ano foi de $ 587,7 milhões. Para obter mais informações sobre os resultados financeiros da OIL em 2017, visite http://www.oil.bm para conferir nossas declarações financeiras auditadas. Após a revisão das demonstrações financeiras de encerramento do ano, os acionistas aprovaram as demonstrações financeiras e a permanência da KPMG como firma de auditoria para o ano fiscal de 2018.

Além disso, a empresa relatou na AGM que o Conselho de Administração declarou um dividendo na quantia agregada de $ 450 milhões para todos os acionistas registrados até 1o de janeiro de 2018, pagáveis em ou antes de 30 de junho de 2018, em consequência do contínuo sucesso financeiro e da sólida condição financeira da OIL. Por último, os acionistas aprovaram uma pequena mudança no Acordo de Acionistas, que se focavam na aplicação das regras de qualificação da empresa.

O presidente e presidente-executivo, Bertil C. Olsson, disse: "O forte desempenho da OIL em 2017 permitiu à empresa retornar valor a seus acionistas, através de um dividendo substancial pelo quinto ano consecutivo. O fornecimento de valor de longo prazo aos segurados, na forma de limites significativos de apólices, com amplos termos e condições, o retorno de capital em excesso quando apropriado, bem como a adaptação às necessidades de nossos membros, definem a proposição de valor única da OIL".

O vice-presidente sênior e diretor de operações, George Hutchings, declarou: "Estou muito satisfeito com o progresso que a empresa fez na execução de seu plano estratégico durante o ano. Sem dúvida, isso irá ajudar a nos posicionar par o futuro. Como exemplo, em 2017 o Conselho aprovou a introdução do Setor de Energia Renovável, que irá permitir à empresa se adaptar e adotar os investimentos significativos que seus membros estão fazendo nesse segmento do setor de energia".

O presidente de saída do Conselho da OIL, Roberto Benzan, afirmou: "O dividendo de $ 450 milhões demonstra o compromisso do Conselho de retornar valor aos acionistas da OIL quando é prudente fazer isso". E acrescentou: "A OIL está firmemente instalada em uma fundação extraordinariamente forte, estabelecida em seus 46 anos de história. No decorrer desse período, a empresa se focou firmemente no valor para os acionistas e continuará a fazer isso nos anos à frente".

Depois que a AGM foi encerrada, o Conselho de Administração se reuniu e elegeu Theodore Guidry II para a Presidência do Conselho e Fabrizio Mastrantonio para a vice-Presidência, para 2018.

Para obter mais informações sobre as coberturas de propriedades pela OIL e valor relacionado, visite http://www.oil.bm .

A Oil Insurance Limited (OIL) segura mais de $ 3,0 trilhões em ativos globais no setor de energia, para mais de 50 membros com limites de propriedade de até $ 400 milhões, totalizando mais de $ 19 bilhões em capacidade total de propriedade de classe A. Os membros são empresas de energia públicas e privadas, de médio e grande porte, com pelo menos $ 1 bilhão em ativos de propriedade física e um índice da classificação de investimento ou equivalente. Os produtos/cobertura oferecidos incluem propriedade (dano físico), tempestade de vento (excluindo offshore Golfo do México), poluição não gradual, controle de poço, remoção de destroços, terrorismo, cibernética, construção e carga. Os setores da indústria que a OIL protege incluem exploração e produção offshore e onshore, refinação e comercialização, petroquímica, mineração, oleodutos, companhias de eletricidade, energia renovável e outros setores empresariais relacionados à energia.

FONTE Oil Insurance Limited (OIL)

Mais Economia