Topo

"O Boticário" é criticado nas redes sociais após comercial com casais gays

Do UOL, em São Paulo

2015-06-01T19:09:47

2015-06-01T19:41:15

01/06/2015 19h09Atualizada em 01/06/2015 19h41

A campanha da marca de cosméticos "O Boticário" que mistura casais heterossexuais e gays está causando polêmica na internet.

No vídeo do comercial no Youtube, até a noite desta segunda-feira (1º) a quantidade de "não curtir" passava de 120 mil, o dobro das avaliações positivas (pouco mais de 60 mil).

Reprodução/YouTube
Vídeo tem mais de 120 mil "não curtir" e pouco mais de 60 mil "curtir" Imagem: Reprodução/YouTube

Além disso, havia pelo menos oito registros de queixa contra a empresa por causa do comercial no site "Reclame aqui". 

Procurada pelo UOL, a empresa encaminhou a mesma resposta que está publicando em resposta a algumas postagens na internet:

"O Boticário acredita na beleza das relações, presente em toda sua comunicação. A proposta da campanha 'Casais', que estreou em TV aberta no dia 24 de maio, é abordar, com respeito e sensibilidade, a ressonância atual sobre as mais diferentes formas de amor ? independentemente de idade, raça, gênero ou orientação sexual - representadas pelo prazer em presentear a pessoa amada no Dia dos Namorados. O Boticário reitera, ainda, que valoriza a tolerância e respeita a diversidade de escolhas e pontos de vista."

'Expor crianças' e 'afrontar a família brasileira'

Entre as críticas feitas por alguns internautas estão o fato de "banalizar" o assunto, expor crianças ao tema e afrontar a família brasileira. A maioria afirmou que vai parar de consumir produtos da marca.

Um dos comentários registrados afirma que a campanha vai enfraquecer a marca entre evangélicos:

"Achei ridículo e desrespeitoso a nova Campanha da Boticário que estimula o homossexualismo, como se não bastasse todos os ataques que a família tradicional vem sofrendo através das novelas da Globo, de políticos como Jean Wyllys, eis que surge a Boticário para aumentar as fileiras de afronta para com a família brasileira, se fosse para respeitar a proporcionalidade, por que colocar 02 casais gays e 02 casais héteros, e isso em qualquer horário, tenhamos filhos ou não! Te garanto que com a campanha que estamos fazendo, a Boticário perderá e muito entre os evangélicos e conservadores!"

Outros casos

A marca não é a primeira a apostar na diversidade sexual para se posicionar no mercado. Sonho de Valsa, Gol, Renault e Microsoft já fizeram comerciais com casais do mesmo sexo ou promovendo a diversidade sexual.

Mais Economia