Bolsas

Câmbio

Já acabou o vale-refeição? Veja 9 dicas para economizar no almoço por quilo

Michelle Aisenberg

Colaboração para o UOL, em São Paulo

Você está gastando muito dinheiro com comida fora de casa? O seu vale-refeição termina antes do mês. Com o aumento da inflação e do preço dos alimentos, está cada vez mais difícil para o trabalhador ter uma boa alimentação dentro do orçamento.

Fazer as refeições em restaurantes por quilo é um desafio ainda maior para o bolso, já que a variedade de alimentos e as opções tentadoras podem levar ao exagero. 

A educadora financeira Cintia Senna dá algumas dicas para quem quer não quer levar susto na hora de pagar a conta. Conheça os truques e deixe o seu prato mais leve e barato, sem precisar passar fome.

1. Escolha a comida antes de se servir

Ao entrar no restaurante, em vez de ir direto para a fila, observe o que há no bufê e escolha o que vai comer naquela refeição. Isso diminui a chance de pegar comida demais e misturar macarrão, sushi, batata frita e lasanha.

2. Cuidado com o tamanho do prato

Usar pratos maiores do que o consumidor costuma ter em casa é um truque conhecido dos restaurantes por quilo para aumentar o lucro. "A pessoa olha e acha que tem pouca comida, então acaba colocando mais", afirma Cintia Senna.

Para não cair na pegadinha, coloque os alimentos apenas na região central do prato, sem utilizar as bordas.

3. Saladas devem vir primeiro

Além de mais saudável e mais leve, a salada também pode ajudar a controlar o exagero de comida. Comece por ela, diminuindo os espaços vazios do prato e a tentação de se servir com opções mais pesadas.

4, Conheça o peso da sua fome

Quem faz suas refeições em restaurantes por quilo pode observar os seus hábitos para ter noção da quantidade que o deixa saciado, evitando desperdício.

5. Escolha um dia para cair em tentações

Para quem não consegue resistir à tentação dos salgadinhos, quiches e churrasco, a dica é escolher um dia para comer algo diferente e se manter na linha no resto da semana. "É como se fosse um prêmio por bom comportamento", declara Senna.

6. Evite comprar bebidas

Muitas vezes, o restaurante por quilo tem um bom preço para atrair clientes, mas compensa nas bebidas, que são muito mais caras do que em outros estabelecimentos. "Não adianta muito economizar na comida e pagar R$ 5 ou R$ 6 por um refrigerante ou lata de suco', afirma a educadora financeira.

Quem não abrir mão de beber algo durante as refeições pode trazer de casa ou comprar em um lugar mais barato.

7. Afaste-se dos centros comerciais

Frequentar restaurantes mais afastados dos centros comerciais e escritórios pode fazer uma grande diferença no valor do quilo. Quem busca economizar deve fazer um reconhecimento da região perto de onde trabalha e comparar valores.

8. Participe de programas de fidelidade

Para atrair mais clientes, alguns restaurantes por quilo têm programas de fidelidade. Para quem costuma fazer refeições desse tipo com frequência, isso pode significar uma refeição gratuita ou desconto algumas vezes por mês.

9. Coma em horários alternativos

Quem tem flexibilidade de horário pode começar a almoçar mais cedo, antes do meio-dia, ou esperar até depois das 14h para pagar menos pelo quilo. Muitos restaurantes têm preços diferenciados em horários menos movimentados.

Veja dicas de como não desperdiçar comida

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos