Bolsas

Câmbio

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta terça, 2 de agosto

Saulo Novaes

Do UOL, em São Paulo

Mercado em baixa

O Ibovespa fechou hoje em queda de 1,05%, com 56.162,38 pontos. A baixa de hoje foi puxada pelo desempenho negativo das ações das siderúrgicas CSN e Usiminas, que caíram quase 6%. Também registraram baixas as ações do Banco do Brasil e do Bradesco.

O dólar também caiu 0,18% e foi cotado em R$ 3,266. A queda foi influenciada pela atuação do Banco Central, pelo cenário político brasileiro e pela queda no preço do petróleo no mercado global.

Leia mais
 


Impostos à vista

A equipe econômica vai decidir sobre a necessidade de aumentar impostos de acordo com as projeções do PIB para 2017. Se o percentual estiver igual ou superior a um crescimento de 2%, não será preciso cobrar mais taxas dos contribuintes.

Se o percentual projetado para o ano que vem ficar abaixo de 2%, será preciso identificar (ou escolher) alguma taxa a ser majorada para produzir as receitas necessárias. Só assim poderá ser cumprida a meta fiscal, que fixou um déficit primário máximo de R$ 139 bilhões em 2017.

Leia mais
 


Produção industrial

A produção da indústria brasileira cresceu 1,1% em junho, na comparação com o mês anterior, apresentando o quarto resultado positivo nessa base de comparação. Os dados são do IBGE.

O resultado não foi suficiente para eliminar as perdas registradas até agora. No semestre, a queda acumulada foi de 9,1%. Já em relação a junho de 2015, o recuo é de 6%.

Leia mais
 


Nova política do BNDES

Ainda sobre o setor industrial, a diretora de indústria e insumos básicos do BNDES, Cláudia Prates, disse hoje que a nova política operacional do banco para o setor deve ser divulgada em até quatro meses.

Ela evitou adiantar detalhes da elaboração da nova política, mas ressaltou que o objetivo é focar em competitividade e inovação, priorizando pequenas e médias empresas.

Leia mais
 


Vou de táxi...

O governo federal vai fazer mudanças no transporte de servidores para diminuir o gasto público. O Ministério do Planejamento pretende reduzir em 40% a despesa com aluguel, manutenção e motoristas, contratando serviços de táxi. Entre as possibilidades, está até o uso do Uber, desde que esteja regulamentado na cidade.

Hoje, os 24 ministérios gastam R$ 49 milhões por ano com o serviço de transporte. A ideia é reduzir a despesa para R$ 22 milhões.

Leia mais
 


Ouro negro

Puxada pelos campos do pré-sal, a produção brasileira de petróleo atingiu 2,558 milhões de barris por dia em junho, aumento de 2,9% com relação ao mês anterior. O número é  superior ao recorde de agosto de 2015, de 2,547 milhões de barris por dia.

O campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos, permanece como o maior produtor de petróleo e gás do país, com uma média de 519 mil barris de petróleo e 22,7 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia. Os dados são da ANP.

Leia mais

 

Olho na tela

A Samsung traz a tecnologia do reconhecimento da íris como uma das maiores novidades para o Galaxy Note 7. A venda mundial do smartphone começa em 19 de agosto. No Brasil, a pré-venda começa no dia 22, com preço sugerido de R$ 4.299.

Com a novidade, o aparelho é desbloqueado ao ler a íris dos olhos do usuário com um raio infravermelho. A tecnologia funciona mesmo no escuro e com o uso de óculos, mas o aparelho precisa estar a uma distância de 25 a 30 centímetros do rosto.

Leia mais
 


Agenda

Na agenda da semana, amanhã será divulgado o IPC-Fipe - o Índice de Preços ao Consumidor - referente ao mês de julho.

Também na quarta o Banco Central divulga o Fluxo cambial da semana, que representa o movimento de entrada e saída de dólares do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos