PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Ministro da Fazenda prevê queda de 3% no PIB neste ano, mas melhora em 2017

Pedro Ladeira/Folhapress
Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

31/08/2016 18h26

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, previu que a economia termina este ano com queda de 3%, mas no ano que vem deve crescer 1,6%. A inflação em 2016 deve chegar a 7,2%, caindo para 4,8% em 2017, segundo ele.

Foi o primeiro pronunciamento do ministro após o impeachment de Dilma Rousseff e a posse definitiva de Michel Temer.

Ele fez uma avaliação otimista do cenário econômico. "Temos todos os setores da economia com a confiança em alta. Continuamos recebendo uma escala crescente de investimentos internacionais", declarou.

"Segundo nossas projeções, achamos que o PIB já vai mostrar crescimento no último trimestre deste ano e certamente teremos PIB positivo no primeiro trimestre de 2017", afirmou.

O IBGE divulgou nesta quarta-feira (31) que a economia brasileira vive sua pior sequência de quedas dos últimos 20 anos. O PIB caiu 0,6% no segundo trimestre em relação ao primeiro. Na comparação de um ano atrás, com o segundo trimestre de 2015, o PIB caiu 3,8%.

Nessa comparação anual, é a nona queda seguida. Em relação ao trimestre anterior, o PIB sofreu seu sexto recuo consecutivo. Em ambas as medições, trata-se da maior sequência de resultados negativos em 20 anos, desde 1996, quando se iniciou essa série histórica de dados.