IPCA
0,51 Nov.2019
Topo

Mídia e Marketing


Comercial da Renault mostra capítulo final de Caverna do Dragão

Roteiro teve aprovação da Hasbro, que detém os direitos do desenho animado - Reprodução
Roteiro teve aprovação da Hasbro, que detém os direitos do desenho animado Imagem: Reprodução

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/05/2019 20h31

Depois de mais de duas décadas de espera, os fãs do desenho animado Caverna do Dragão, exibido no Brasil entre os anos 1980 e 1990, finalmente poderão ver como a saga termina --ou, ao menos, uma versão desse final.

Criado pela agência DPZT, o comercial do novo Kwid Outsider, da Renault, mostra como a turma de Hank, Eric, Diana, Sheila, Bobby e Presto consegue escapar do vilão Vingador e voltar, enfim, ao mundo real (veja abaixo).

O roteiro teve aprovação internacional da Hasbro, empresa que detém os direitos sobre o desenho animado. A marca de brinquedos também deu sinal verde para toda a narrativa do comercial, além da caracterização dos personagens.

Mais entretenimento, menos publicidade

"O público tem uma conexão emocional muito forte com o desenho animado. A Caverna do Dragão formou uma geração inteira de fãs, principalmente no Brasil", declarou Rafael Urenha, diretor de Criação da agência.

Segundo o publicitário, a estratégia montada para o lançamento se assemelhou mais a um projeto de conteúdo do que, efetivamente, a uma campanha publicitária.

Para isso, contou com um "vazamento prévio" de imagens da gravação, além das divulgações de um trailer, teaser e cartaz específico para o lançamento.

Carro como protagonista

O conceito criativo nasceu a partir do caráter aventureiro que o carro busca transmitir.

Gravações foram realizadas no interior da Argentina - Reprodução
Gravações foram realizadas no interior da Argentina
Imagem: Reprodução

"O Kwid Outsider pretende conseguir fazer tarefas impossíveis. E não há nada mais impossível do que trazer a turma da Caverna do Dragão de volta. Seguindo a linha do último lançamento, que usou o Incrível Hulk em sua comunicação, resolvemos continuar na linha da cultura pop", diz o publicitário.

A produção do comercial demorou mais do que a média das últimas campanhas da agência. Foram cerca de três meses, da aprovação da ideia até a finalização da campanha.

Presente para uma geração

As gravações foram realizadas no deserto de Salta, no interior da Argentina. Também foram feitas cenas em Buenos Aires, capital portenha. Entre produção, deslocamentos e gravações, a equipe ficou dez dias no país vizinho. Mais de 200 pessoas estiveram envolvidas nas filmagens.

Além do comercial, também serão lançados novos vídeos com conteúdos específicos, em que cada personagem falará de diferentes atributos do carro. Para Urenha, esses conteúdos extras fazem parte deste "momento único" de dar uma nova vida a um ícone de uma geração.

Vem um longa?

"Precisávamos satisfazer essa vontade de 'quero mais' dos fãs. Mais do que uma campanha, ele é um presente para o público. Se teremos um último episódio com 25 minutos ou até mesmo um longa? Só o tempo dirá", disse.

O comercial estreia nesta quinta-feira (23) no intervalo do Jornal Nacional. Confira a versão completa da propaganda, enviada com exclusividade ao UOL:

Mídia e Marketing