PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Sebrae: Estudo mostra que crédito não foi direcionado a pequenas empresas

Desde 2012, somente cerca de 20% de todo o crédito concedido para empresas no país vão para os pequenos negócios - Getty Images/Maskot
Desde 2012, somente cerca de 20% de todo o crédito concedido para empresas no país vão para os pequenos negócios Imagem: Getty Images/Maskot

Do UOL, em São Paulo

11/09/2020 12h40

O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) divulgou um levantamento feito com base em dados do Banco Central mostrando que, apesar de um aumento de 15% no volume de crédito concedido nos dois primeiros trimestres de 2020, em relação a 2019, grande parte desse dinheiro foi direcionado a médias e grandes empresas.

O aumento no volume de crédito concedido não chegou até as pequenas empresas. De acordo com a análise dos economistas Giovanni Beviláqua e Marco Bede, o número de pequeno e micro empresas que receberam auxílio em 2020 foi muito similar ao dos últimos anos: cerca de 5 milhões de micro e pequenos empresários se beneficiaram.

Desde 2012, somente cerca de 20% de todo o crédito concedido para empresas no país vão para os pequenos negócios.

Porém uma pesquisa do próprio Sebrae mostra que não foi por falta de procura já que o percentual de pequenos negócios que havia buscado empréstimos passou de 30% para 54% entre a primeira semana de abril e a última semana de julho.

Segundo o levantamento, mesmo com o aumento de crédito fornecido pelo governo federal, o número de operações das empresas no país reduziu 12% no segundo trimestre — considerado o ápice da pandemia — em relação ao primeiro trimestre de 2020.

"As pesquisas do Sebrae mostram que a maior parte das empresas já voltou a operar. Mas para recuperarem o equilíbrio, será fundamental garantir os recursos necessários para investimentos ou para a recomposição do fluxo de caixa", disse o presidente do Sebrae, Carlos Melles, destacando que o incentivo a pequenas empresas é um desafio no país.