PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Motorhome de Cris Dias e Caio Paduan pode sair por até R$ 400 mil

Motorhome, van transformada em casa, para vida de nômade digital - Adventure Travel Chapecó/Divulgação
Motorhome, van transformada em casa, para vida de nômade digital Imagem: Adventure Travel Chapecó/Divulgação

Hygino Vasconcellos

23/02/2021 04h00

O estilo de vida nômade da jornalista Cris Dias e do namorado, o ator Caio Paduan, ganhou um novo passo na semana passada com o anúncio da compra de um motorhome. Há seis meses, o casal vendeu pertences, deixou a residência espaçosa e passou a viver de aluguel temporada, sem um lugar fixo. Porém, o casal estava sentindo a necessidade de um espaço maior e decidiu investir na casa móvel.

Quanto custa ter um motorhome parecido com o deles? Entre R$ 185 mil a R$ 430 mil, incluindo o valor do veículo e a montagem, segundo estimativas repassadas ao UOL por viajantes e por empresas especializadas no serviços.

O primeiro passo para a aventura é adquirir o veículo, caso ainda não o tenha. No caso de Cris Dias e Caio Paduan, foi comprada uma Sprinter, van da Mercedes Benz. Pela tabela Fipe, o modelo 515, 2.2 e zero km sai por R$ 211.031,00. Porém, é possível achar por R$ 180 mil, segundo Jocezer Bequi, sócio-proprietário da Zanort, especializada na montagem de motorhomes.

O próximo passo é transformar o veículo em uma casa e definir se vai fazer a montagem com uma empresa especializada ou por conta própria (veja abaixo). Caso opte pela primeira opção, os preços variam entre R$ 65 mil a R$ 230 mil, conforme orçamentos enviados por quatro especializadas no mercado. Uma boa parte desse valor vai para o pagamento de mão de obra - como marceneiro e eletricista. Para o cálculo, não é levado em conta a aquisição de eletrodomésticos, o que fica por conta do cliente.

Quais são os itens mais caros na construção do motorhome

Além da mão de obra, outros itens acabam pesando na conta. O reservatório de água pode custar variar entre R$ 5 mil a R$ 9 mil, dependendo da capacidade de armazenamento, lembra a proprietária da empresa paulista Noeh Motorhome, Marina Wiechmann. Nesse valor já estão inclusos outros equipamentos, como bombas para fazer com que a água chegue nas torneiras, chuveiro e vaso.

As placas solares, para fornecer energia à casa móvel, vão sair em torno de R$ 2 mil. Apesar do alto custo, esse é considerado um item indispensável para quem for percorrer grandes distâncias, observa o sócio-proprietário da Adventure Travel, Paulo Raupp, empresa catarinense que faz a montagem de motorhomes. "As placas solares vão auxiliar no fornecimento de energia, não vão manter sozinhas, mas caso (os viajantes) fiquem sem energia pode garantir o fornecimento por 12 horas."

Na lista dos itens mais "salgados" também entram dois produtos elétricos: o inversor, que transforma a energia de 12v para 220v, e o conversor, que mantém a voltagem correta nas tomadas. Para um motorhome parecido com o do casal, o inversor custaria R$ 3 mil, enquanto o conversor sairia por R$ 5 mil, segundo estimativa repassada por Raupp.

Interior de motorhome com cozinha equipada - Adventure Travel Chapecó/Divulgação - Adventure Travel Chapecó/Divulgação
Motorhome, van transformada em casa, para vida de nômade digital
Imagem: Adventure Travel Chapecó/Divulgação

Acessórios aumentam o preço e o conforto

A escolha de adereços extras podem fazer o valor da montagem oscilar. A instalação de um slide - módulo que amplia o espaço interno ao projetar uma das laterais do veículo para fora como se fosse um "puxadinho" retrátil - pode acrescentar entre R$ 11 mil a R$ 25 mil na conta, por exemplo.

A colocação de toldo retrátil - usado quando o veículo está parado e que serve para proteger os viajantes de sol e chuva - pode variar entre R$ 1,5 mil a R$ 3,5 mil na Noeh Motorhome. Há modelos mais simples e outros mais requintados - os de inox ou com fechamento de lona das laterais quando aberto são mais caros. Já na Adventure Travel, esse acessório sai por R$ 4 mil.

A colocação de ar-condicionado acrescenta mais R$ 2 mil, entre o valor do aparelho e a instalação. Porém, Marina observa que apesar de ser opcional, praticamente todos os donos de motorhome optam pela colocação do equipamento.

Chegou a hora de fechar a conta da montagem. Na Noeh Motorhome a casa móvel similar a de Cris Dias vai custar entre R$ 90 mil a R$ 160 mil. Na Zanort, sai entre R$ 80 mil a R$ 200 mil e na Adventure Travel, R$ 120 mil. Já na Trailer Master o motorhome básico fica em R$ 65 mil - do total R$ 23 mil é em móveis e R$ 27 mil é custo de produção.

Área da cama em motorhome - Adventure Travel Chapecó/Divulgação - Adventure Travel Chapecó/Divulgação
Motorhome, van transformada em casa, para vida de nômade digital
Imagem: Adventure Travel Chapecó/Divulgação

Os valores das quatro empresas podem sofrer oscilação conforme o material escolhido e a colocação de itens extras.

Fazer por conta própria barateia serviço

Caso o serviço seja feito por conta própria, o valor pode diminuir. O casal de mochileiras Noelma Coelho Teles Biasin, 35 anos, e Fernanda Benites Biasin, 33, gastou R$ 65 mil para comprar uma van usada de 2007 e fazer o serviço por conta própria. A montagem começou na metade do ano passado e agora está 70% concluída.

Já o publicitário Tiago Brugnara, 37, gastou cerca de R$ 50 mil para transformar uma kombi em motorhome há dois anos - o preço inclui o valor do veículo e a montagem.

PUBLICIDADE