PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Mídia e Marketing

Fernando Machado, do Burger King: Ideias criativas sem zoeira não têm graça

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/03/2021 04h01

O Burger King tem um extenso histórico de provocações ao Mc Donald's, um de seus principais concorrentes. Para Fernando Machado, chefe de marketing do BK, as brincadeiras fazem parte do marketing da marca.

"Se as ideias criativas não tiverem zoeira, não têm graça. A gente faz piada, mas tem que aceitar também. Não sou contra falar da concorrência, mas isso tem que ser feito com respeito", diz o executivo.

Fernando foi o entrevistado desta semana do podcast Mídia e Marketing, do UOL. A partir deste episódio, o 74º do programa, as entrevistas também serão exibidas em vídeo - veja acima, na íntegra.

Radicado em Miami, ele comenta sobre as diferenças de trabalhar com publicidade nos Estados Unidos e no Brasil, fala das três variáveis de competitividade no setor de fast food (sabor, conveniência e preço), e de como o uso do humor tem sido uma ferramenta chave para o marketing e o engajamento da marca.

"O humor sempre ajuda - não só em publicidade, mas na vida. Hoje, as pessoas já entendem que o Burger King faz coisas divertidas. Criamos isso com o tempo. Mas sempre precisamos levar o contexto em consideração. Não podemos fazer piada para colocar as pessoas pra baixo. A gente tem que dar risada da gente mesmo e isso gera muita empatia", afirma (no arquivo acima, este trecho está a partir de 5:20).

O executivo ainda destaca a importância do delivery para a rede. "Para crescer no delivery, temos que ter bons preços e temos que estar disponíveis o tempo todo. Além disso, com os dados que temos, conseguimos fazer uma promoção mais relevante para cada consumidor. O desafio é oferecer melhores coisas para cada um", afirma (a partir de 14:06).

Sanduíche mofado como publicidade

Fernando também falou sobre a campanha 'Whopper Mofado', lançada em fevereiro do ano passado. O comercial mostrava a decomposição do principal sanduíche da rede após 34 dias. Ao final do filme, o lanche aparecia coberto de mofo, com a mensagem: "A beleza sem conservantes artificiais".

"Transparência e honestidade são tópicos que só vão ganhar mais força no mundo. Essa campanha quebra a rega de publicidade. Ao mesmo tempo, as pessoas sabem que a beleza de um produto real, de um alimento de verdade, é apodrecer. A gente mostrou isso. As pessoas entendem. É brutalmente honesto", declara Fernando (a partir de 2:01).

PUBLICIDADE

Mídia e Marketing