PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Economista explica motivos para queda no valor da criptomoeda bitcoin

Do UOL, em São Paulo

24/05/2021 13h41Atualizada em 24/05/2021 14h53

O economista e colunista do UOL César Esperandio enumerou motivos para a queda no valor do bitcoin. Há um mês, a criptomoeda era negociada a US$ 60 mil e agora é vendida por cerca de US$ 36 mil. A declaração foi dada ao UOL News.

"O pessoal está preocupado com essa queda acentuada. Lembrando que vem de trajetória. Há um ano, o bitcoin valia cerca de US$ 8 mil e, num tempo maior, chegou a valer centavos", afirmou Esperandio.

Segundo ele, a queda é resultado de três principais gatilhos. O primeiro é a fala de Elon Musk, CEO da Tesla, que, em março, anunciou que a empresa aceitaria bitcoins para a compra de veículos elétricos. Pouco tempo depois, ele voltou atrás. "Na avaliação dele, a mineração de criptoativos é uma grande fonte de poluição. A Tesla tem a proposta de ser veículo num modal pouco poluente. Isso gerou ruído".

Outro motivo foi uma nota divulgada pela China sobre uma discussão para reprimir a mineração e negociação de criptomoedas em geral. "A justificativa é para proteger o sistema financeiro, mas a China quer mais relevância e predominância da sua moeda no mundo. Hoje, eles são 'inexpressivos' e estão muito atrás do dólar. É uma tentativa de ter mais negociações [com a moeda chinesa]".

Ainda segundo Esperandio, pouco tempo após o anúncio da China, o governo dos Estados Unidos decidiu exigir relatórios de negociação de criptoativos acima de US$ 10 mil. "É comum para qualquer outro ativo, como o dinheiro, e é uma tentativa de mais regulação".