PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Falsos bancários que enganavam idosos por telefone são presos em SP

Duas centrais usadas em golpe bancário contra idosos foram desarticuladas na Zona Norte de São Paulo - Divulgação/Polícia Civil
Duas centrais usadas em golpe bancário contra idosos foram desarticuladas na Zona Norte de São Paulo Imagem: Divulgação/Polícia Civil

Do UOL, em São Paulo

04/11/2021 21h11Atualizada em 05/11/2021 19h48

Treze pessoas foram presas na manhã de hoje suspeitas de integrar uma quadrilha que aplicava golpes bancários em idosos na Casa Verde, zona norte de São Paulo. As vítimas, que tinham entre 80 e 85 anos, recebiam ligações de pessoas que se passavam por funcionários de bancos, as convencendo a entregar dados confidenciais, como senhas, e até mesmo seus cartões magnéticos, por intermédio de motoboys que iram aos endereços indicados.

Com as informações em mãos, os golpistas esvaziavam as contas das vítimas por meio de transferências via Pix, compras fictícias em empresas criadas para o esquema e saques em caixas eletrônicos.

As investigações da Polícia Civil, que já duram pelo menos três meses, indicaram que pelo menos três comércios - duas tabacarias e uma loja de equipamentos automotivos - também integravam a estrutura da quadrilha.

Na manhã de hoje, os 13 suspeitos foram presos, mas seus nomes e idades não foram divulgados. Em nota enviada ao UOL pela SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), a instituição informa que mandados de busca e apreensão também foram cumpridos em duas centrais usadas para articular o golpe, com a coleta de notebooks, celulares e máquinas de cartões. A quantia total movimentada no golpe não foi detalhada.

PUBLICIDADE