IPCA
0,46 Jul.2024
Topo

Grupo da família Constantino vence leilão do Metrô de Belo Horizonte

Metrô de BH foi concedido em leilão nesta quinta-feira (22) - Divulgação
Metrô de BH foi concedido em leilão nesta quinta-feira (22) Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

22/12/2022 15h42

O metrô da região metropolitana de Belo Horizonte foi concedida ao grupo Comporte por R$ 25,7 milhões em um leilão realizado pela B3 (Bolsa de Valores) realizado nesta quinta-feira (22).

A empresa é da família de Constantino Oliveira, dona de empresas como Expresso União, Princesa do Norte e VCB Transportes.

O que acontece agora

  • O Grupo Comporte venceu o leilão com uma proposta de R$ 25.755.11 -- o lance mínimo era de R$ 19.324.304,67.
  • A empresa será responsável pela modernização e ampliação da Linha 1, e a conclusão da construção da Linha 2, que teve obras iniciadas em 1998, e paralisadas em 2004. A previsão é de que as estações comecem a ser inauguradas a partir do quatro ano da concessão.
  • Também é responsável pela gestão, operação e manutenção dos serviços por 30 anos.
  • O investimento projetado é de R$ 3,7 bilhões ao longo dos 30 anos de concessão. Os investimentos devem começar no primeiro semestre de 2023.

A expectativa é de que as melhorias no metrô beneficiem cerca de 270 mil passageiros diariamente, sendo que 50 mil devem usar a Linha 2.

Como é o metrô de BH hoje

Hoje o metrô só tem a Linha 1, com 19 estações. Ele tem 28,1 quilômetros de extensão entre Belo Horizonte e Contagem. A Linha 2 terá 10,5 quilômetros de extensão e deve ligar Calafate até Barreiro.