Conteúdo publicado há 3 meses

Ministro descarta risco de racionamento de energia: 'Reservatórios cheios'

O ministro de Minas e Energia afirmou hoje que não há risco de racionamento de energia neste fim de ano. A declaração foi em entrevista à GloboNews.

O que aconteceu

Alexandre Silveira garantiu que reservatórios das usinas estão cheios. "Não temos risco de racionamento, não temos risco de falta de energia", disse.

O governo planeja fazer leilões de energia termoelétrica, mesmo sem risco de desabastecimento. "Infelizmente, o Brasil abandonou na última década as hidrelétricas, mas temos um planejamento muito seguro", afirmou o ministro.

Ministro também disse ver espaço para redução no preço da gasolina e do diesel ainda neste ano, dada a queda no preço do barril de petróleo no mercado internacional. "Respeitamos a governança da Petrobras, mas já está na hora de puxarmos a orelha".

Ele também demonstrou ser favorável à volta do horário de verão. "Mesmo não tendo necessidade energética, devemos avaliar a possibilidade do horário de verão para impulsionar a economia", afirmou, citando que alguns setores, como bares e restaurantes, se beneficiam da mudança no relógio. "Precisamos olhar a questão do horário de verão de forma mais holística, mais ampla".

Onda de calor afeta consumo de energia no Brasil

O país bateu recorde de demanda de energia elétrica nesta semana. Na última terça (14), a carga atingiu 101.475 MW, segundo dados do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

O ONS tem acionado mais usinas termelétricas nos últimos dias, especialmente no período da tarde. Esse despacho termelétrico tem ocorrido para reforçar a geração de energia no momento em que a carga é mais elevada

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes