Bolsas

Câmbio

Atividade industrial dos EUA tem expansão e gastos com construção sobem

WASHINGTON, 2 Mai (Reuters) - A atividade industrial dos Estados Unidos teve expansão pelo segundo mês seguido em abril, mas a um ritmo ligeiramente menor, com queda de novas encomendas e da produção.

O Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) disse nesta segunda-feira que seu índice nacional da atividade industrial recuou para 50,8 em abril, da leitura de 51,8 em março. Uma leitura acima de 50 indica expansão do setor. Uma medida das encomendas recebidas pelas fábricas caiu 2,5 pontos para 55,8.

A indústria, que representa cerca de 12 por cento da economia norte-americana, tem sido atingida pelo crescimento fraco das exportações devido ao dólar forte e a demanda global enfraquecida.

O setor também tem sido prejudicado pelos cortes agressivos de gastos do setor de energia, na sequência do tombo do ano passado dos preços do petróleo. Os esforços das empresas de reduzir seus estoques também têm resultado em menos encomendas às fábricas, causando ainda mais deterioração da indústria.

Um segundo relatório, do Departamento do Comércio, mostrou que os gastos com construção no país avançaram para a máxima de oito anos e meio em março, e o número do mês anterior foi revisado para cima, apontando para a força sustentável do setor apesar da forte queda dos gastos das empresas de energia.

Os gastos com construção aumentaram 0,3 por cento, para o nível mais alto desde outubro de 2007, seguindo o salto de 1,0 por cento em fevereiro.

Economistas consultados pela Reuters esperavam alta de 0,5 por cento em março, após a queda de 0,5 por cento em fevereiro anteriormente divulgada.

(Reportagem por Lucia Mutikani)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos