BC da China diz que riscos financeiros e de dívida estão sob controle

PEQUIM (Reuters) - Os riscos financeiros e de dívida da China estão sob controle, afirmou o banco central do país nesta segunda-feira, acrescentando que continuará a implementar um política monetária prudente e uma política fiscal proativa.

Em seu relatório de estabilidade financeira de 2016, o Banco do Povo da China afirmou que vai manter o iuan a um nível razoável.

"No geral, os riscos de crédito estão sob controle, os riscos da dívida corporativa não financeira estão subindo", completou.

O banco central afirmou ainda que vai usar "de forma abrangente" as ferramentas de política monetária, incluindo operações de mercado aberto e taxa de compulsório para manter a liquidez ampla.

Os investidores globais estão cada vez mais preocupados que os esforços contínuos de Pequim para estimular a atividade econômica e atingir as metas de crescimento estejam elevando a dívida para níveis insustentáveis, aumentando os riscos ao sistema bancário.

O governo deveria fortalecer o gerenciamento macroprudencial e organizar um sistema mais maduro e efetivo de gerenciamento de risco para corretoras, para ampliar sua capacidade de lidar com os riscos em situações extremas, disse o BC.

Em relação ao cenário econômico, o primeiro-ministro, Li Keqiang, afirmou nesta segunda-feira: "Até agora neste ano, diante do cenário de desaceleração do crescimento na economia global, as operações econômicas da China continuam relativamente estáveis, com o crescimento dentro de uma faixa razoável."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos