Bolsas

Câmbio

Alemanha vai se concentrar em comércio livre e justo na cúpula do G20, diz Merkel

BERLIM (Reuters) - A Alemanha quer fazer progressos para melhorar o comércio livre e justo durante sua presidência do G20 e vai tentar obter um amplo acordo acerca de mercados abertos na cúpula dos líderes do próximo mês, afirmou a chanceler Angela Merkel nesta terça-feira.

Ela advertiu, no entanto, que isso pode não ser fácil com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, dada sua retórica protecionista.

"Os mercados abertos e o comércio livre, justo, sustentável e inclusivo são o principal foco da nossa presidência do G20", disse Merkel, que será a anfitriã do G20 em Hamburgo no próximo mês.

Ela acrescentou que tais condições são benéficas para todos e a globalização não é apenas um destino, mas sim um processo que pode ser moldado com base na crença da Alemanha na economia social de mercado.

"Faremos todo o possível para obter um acordo o mais amplo possível em Hamburgo. O novo governo norte-americano não é fácil, mas precisamos fazer o esforço", disse Merkel a um evento organizado pela associação da indústria BDI.

Ela acrescentou que os líderes do G20 também vão discutir a indústria siderúrgica, dizendo que é necessário avançar sobre as questões de excesso de capacidade e de concorrência leal no setor.

Merkel também disse que lamenta profundamente a decisão de Trump de abandonar o acordo climático de Paris, que ela descreveu como um "dever ecológico".

(Por Michelle Martin e Paul Carrel)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos