UTC Participações faz pedido de recuperação judicial com dívidas de R$ 3,4 bi

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo de engenharia UTC Participações, pressionado por dívidas de 3,4 bilhões de reais, apresentou pedido de recuperação judicial nesta segunda-feira, informou a companhia em comunicado.

O pedido, encaminhado à 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo, envolve 14 empresas do grupo, incluindo UTC Engenharia e Constran Construções, afirmou o grupo em comunicado à imprensa.

"A medida judicial permitirá o cumprimento das obrigações previstas no acordo de leniência com o Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU) e a Advocacia Geral da União (AGU)", informou a companhia, cujo acordo com CGU e AGU foi acertado na semana passada.

"A expectativa do grupo UTC é continuar a ser contratada pela administração pública e, com relação à UTC Engenharia, ver revogado o bloqueio cautelar imposto pela Petrobras, e que permanece vigente desde 29 de dezembro de 2014", afirmou a companhia no comunicado.

A Petrobras era um dos principais clientes da UTC Engenharia, mas em dezembro de 2014 decidiu não assinar contratos de aditivos de manutenção em plataformas marítimas de petróleo no Rio de Janeiro, na sequência do escândalo da operação Lava Jato.

"Essa decisão da Petrobras de negar aditar tais contratos, contrariando não apenas a previsão contratual, mas também o que histórica e tradicionalmente são adotados pela unidade operacional da Petrobras, contribuiu para ampliar a dificuldade financeira enfrentada pelo grupo", disse a UTC.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos