Bolsas

Câmbio

Wall St fecha em queda pressionado por recuo da GE e de ações de energia

NOVA YORK (Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos recuaram nesta sexta-feira, com o fraco resultar trimestral da gigante General Electric pesando, enquanto as ações de tecnologia caíram após atingirem recordes de alta e os papéis de empresas de energia acompanharam a queda dos preços do petróleo.

O índice Dow Jones caiu 0,15 por cento, a 21.580 pontos, enquanto que o S&P 500 teve desvalorização de 0,04 por cento, a 2.472 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq perdeu 0,04 por cento, a 6.387 pontos.

Na semana, o Dow Jones acumulou perdas de 0,3 por cento, enquanto que o S&P e o Nasdaq avançaram 0,5 e 1,2 por cento, respectivamente.

As ações da GE recuaram 2,9 por cento, para 25,91 dólares, e atingiram o nível mais baixo desde outubro de 2015. A empresa divulgou queda de quase 60 por cento do lucro do segundo trimestre e disse que o lucro e o fluxo de caixa do ano devem ficar no piso das previsões para o ano.

Mas as ações da Honeywell International tocaram um recorde de alta e fecharam em alta de 1 por cento, a 136,35 dólares, depois de elevar a perspectiva mais baixa para o lucro do ano.

"Tivemos bom rali nas últimas semanas e os investidores estão principalmente digerindo os resultados hoje ", disse o presidente-executivo da Alcosta Capital Management, Erick Ormsby.

O setor de energia do S&P 500 caiu mais de 1 por cento, acompanhando a queda dos preços do petróleo de quase 3 por cento, após uma consultoria prever aumento na produção da Opep em julho, apesar da promessa do cartel de reduzir a produção. O setor de tecnologia S&P 500 recuou após fechar em nível recorde de alta nas duas sessões anteriores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos