Exportação de carne de frango do Brasil sobe quase 15% em agosto, diz ABPA

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações brasileiras de carne de frango atingiram 416,8 mil toneladas em agosto, resultado que supera em 14,6 por cento o volume embarcado no mesmo período do ano passado, informou nesta segunda-feira a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

O total embarcado no mês passado, considerando todos os produtos (in natura e processados), é o terceiro maior mensal da história do setor, segundo a ABPA, na medida em que a indústria de aves se recupera dos efeitos da Operação Carne Fraca.

"O mês de agosto marca a superação de um cenário difícil vivido no segundo trimestre. Esperamos números positivos nos próximos meses, recuperando as perdas e alcançando saldo final superior ao registrado em 2016", disse o presidente-executivo da ABPA, Francisco Turra, em nota.

Em evento na semana passada, Turra disse que o volume exportado em agosto seria o maior do ano em termos mensais.

As vendas externas do Brasil, maior exportador global de carne de frango, geraram receita de 690,6 milhões de dólares em agosto, desempenho 13,1 por cento superior ao obtido em agosto de 2016.

No acumulado do ano (janeiro a agosto), a receita dos embarques alcançou 4,887 bilhões de dólares, resultado 6,3 por cento maior que o do mesmo período do ano passado.

Em volume, o desempenho alcançou 2,922 milhões de toneladas, número 2,3 por cento inferior ao registrado nos oito primeiros meses de 2016.

SUÍNOS

As vendas de carne suína in natura alcançaram 58,9 mil toneladas em agosto, volume 2,4 por cento superior ao registrado em agosto de 2016.

Em receita, o resultado foi 12,7 por cento maior, somando 143 milhões de dólares.

No ano, a receita de exportações chegou a 1,006 bilhão de dólares, contra 812 milhões de dólares obtidos entre janeiro e agosto de 2016.

Em volume, houve retração de 2,3 por cento, com 401,3 mil toneladas em 2017, frente a 411 mil toneladas nos oito primeiros meses do ano passado.

"A Rússia voltou a incrementar suas importações de carne suína do Brasil. Argentina e Hong Kong também foram determinantes para o resultado. Assim como em aves, dentro deste ritmo, o saldo final das exportações de carne suína em 2017 deverá ser positivo", disse o vice-presidente de mercados da ABPA, Ricardo Santin.

(Por Roberto Samora)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos