Bolsas

Câmbio

Preços do petróleo devem se manter entre US$50 e US$60 o barril, diz CEO da BP

LONDRES (Reuters) - Os preços do petróleo devem permanecer entre 50 dólares e 60 dólares por barril, à medida que os estoques globais caem após um acordo entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e outros produtores para reduzir oferta, disse nesta quinta-feira o presidente executivo da BP, Bob Dudley.

"Sempre vai demorar um pouco para os estoques caírem. Mas no acordo entre a Opep e os não membros, de tudo que vemos, há um amplo nível de cumprimento ocorrendo e os níveis dos estoques estão baixando", afirmou o executivo em entrevista à Reuters.

"Nós não esperamos um salto nos preços, nem esperamos uma grande queda nos preços. Então, estamos tentando buscar nosso caminho nesse mundo de preços entre 50 e 60 dólares, e espero que isso continue", acrescentou Dudley.

A Opep e outros países, incluindo a Rússia, estão cortando a produção em cerca de 1,8 milhão de barris por dia até março de 2018, em uma tentativa de sustentar as cotações e reduzir um excesso de oferta global nos mercados.

Nos últimos dias, a Arábia Saudita e outros produtores têm mantido conversas sobre uma possível prorrogação do acordo para os cortes.

(Por Ron Bousso, Dmitry Zhdannikov e Karolin Schaps)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos