Bolsas

Câmbio

Vice-líder do governo fará novo levantamento de votos para barrar denúncia contra Temer

BRASÍLIA (Reuters) - O vice-líder do governo na Câmara dos Deputados Beto Mansur (PRB-SP) afirmou nesta quinta-feira que passará o fim de semana fazendo seus tradicionais levantamentos para já contabilizar os votos pela derrubada da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer.

Mansur acredita que o governo terá votos para barrar a peça acusatória oferecida contra Temer por considerar a segunda denúncia "enfraquecida".

"Vou trabalhar durante todo esse fim de semana no levantamento de nomes, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), quem votou conosco", disse o vice-líder, em referência à votação da primeira denúncia contra o presidente, já rejeitada pela Câmara.

O deputado também foi questionado sobre o mal-estar explicitado na noite da quarta-feira pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que apontou digitais do governo em movimentos do PMDB para assediar deputados do PSB, também procurados pelo DEM para uma migração partidária.

"Não fica mal-estar porque o presidente Temer, com todo o respeito, não está nessa atividade de trazer parlamentares para o PMDB", disse Mansur.

"Eu acho que a gente tem que baixar um pouco essa bola entre os Poderes para que a gente toque a vida, principalmente a vida institucional do nosso Brasil", afirmou, acrescentando ainda que a fala de Maia na quarta-feira pode ter sido dura, mas que não condiz com o perfil do deputado.

"Ele logicamente é um contemporizador", disse Mansur.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos