Bolsas

Câmbio

Engie mantém contato com bancos e pode emitir debêntures para pagar usinas, diz diretor

SÃO PAULO (Reuters) - A elétrica francesa Engie manteve contato com bancos antes do leilão de hidrelétricas realizado pelo governo nesta quarta-feira, no qual a companhia arrematou duas usinas que somam um bônus de outorga de cerca de 3,5 bilhões de reais, e estará pronta para pagar o valor ao governo na data exigida pela licitação, ainda neste ano.

O diretor de Desenvolvimento de Negócios da Engie, Gustavo Labanca, disse que a companhia ainda pode emitir debêntures e notas promissórias para pagar pelos ativos.

"A gente tem uma capacidade grande de tomar novas dívidas, a empresa está com alavancagem muito baixa", disse ele a jornalistas, em coletiva de imprensa após o certame.

(Por Luciano Costa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos