Bolsas

Câmbio

Temer diz que nova Previdência é indispensável para fechar ciclo de reformas e que proposta ataca privilégios

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer afirmou nesta quarta-feira que a aprovação das mudanças na Previdência é “indispensável” para fechar o ciclo de reformas e que a medida tem por objetivo combater privilégios.

“É quase fechar o ciclo de reformas do nosso país, mas indispensável para este fechamento”, disse Temer, em breve discurso em almoço com representantes do comércio, em um clube em Brasília.

Para o presidente, a reforma quer acabar com privilégios e levar a uma igualdade em benefício da sociedade brasileira.

“Não é uma reforma do governo, minha, mas é do país”, destacou.

Mais uma vez, o presidente reafirmou o diálogo que tem com o Congresso e com a sociedade, o que permitiu se chegar “aonde chegamos”. Ele repetiu que atua numa espécie de semipresidencialismo.

(Por Ricardo Brito)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos