Bolsas

Câmbio

Ferramenta de liquidez da China vira foco com expectativa por decisão do Fed sobre juros

XANGAI/PEQUIM (Reuters) - Está crescendo a especulação de que o banco central da China vai usar uma ferramenta de gerenciamento de liquidez duas vezes neste mês pela primeira vez desde março, e alguns operadores sentem que Pequim pode apertar a política monetária logo após a reunião do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, desta semana.

A ferramenta é o instrumento de empréstimo de médio prazo (MLF, na sigla em inglês). Há dez meses, quando o Banco do Povo da China fez duas injeções de liquidez pela última vez, isso aconteceu após o Fed subir os juros de curto e médio prazo em março.

The Financial News, um jornal sob o comando do Banco do Povo da China, disse na semana passada que uma segunda injeção de MLF em dezembro é provável.

Um operador do mercado monetário de Xangai disse que isso "pode potencialmente significar que o Banco do Povo da China vai elevar os juros durante a próxima rodada de rolagens de MLF."

Um total de 187 bilhões de iuanes (28,3 bilhões de dólares) em MLFs vencem no sábado. A reunião do Fed termina na quarta-feira.

Mas não está claro se o banco central chinês vai acompanhar uma alta dos juros pelo Fed dessa vez; em junho, o Banco do Povo da China manteve as taxas em junho, quando o Fed elevou os juros nos EUA.

(Por Winni Zhou e Kevin Yao)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos