Bolsas

Câmbio

Comissão mista aprova que fintechs atuem no microcrédito

SÃO PAULO (Reuters) - Uma comissão mista da Câmara e do Senado aprovou nesta terça-feira uma medida provisória que prevê a inclusão das plataformas eletrônicas de serviços financeiros, as fintechs, como agentes repassadoras de microcrédito.

O relatório será analisado agora nos plenários da Câmara e do Senado. A MP tem vigência até 6 de março.

As fintechs usam inovações tecnológicas, como aplicativos de celular, para disponibilizar produtos financeiros. Elas poderão atuar no microcrédito se forem vinculadas ou contratadas por bancos comerciais ou pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a Caixa Econômica Federal, as cooperativas e as sociedades de crédito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos