Bolsas

Câmbio

Petrobras tem novo prejuízo anual por ação nos EUA e débitos federais

RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras registrou um prejuízo líquido de 446 milhões de reais em 2017, ante prejuízo de 14,824 bilhões em 2016, impactado pelo acordo para o encerramento da "class action" nos EUA e por adesão a programas de regularização de débitos federais.

As despesas extraordinárias, especialmente o acordo de 11,198 bilhões de reais para encerramento da ação coletiva de investidores nos Estados Unidos ("class action") e a adesão a programas de regularização de débitos federais, que somaram 10,433 bilhões de reais, tiveram impacto significativo no resultado, informou a empresa nesta quinta-feira.

Tais despesas afetaram fortemente o resultado do quarto trimestre, que fechou com um prejuízo líquido de 5,477 bilhões de reais, ante lucro de 2,5 bilhões de reais no mesmo período do ano anterior.

A Petrobras teria alcançado um lucro líquido de 7,089 bilhões de reais no ano, não fossem as despesas extraordinárias, disse a empresa em nota.

A companhia vem tendo prejuízos anuais desde 2014, com resultados de anos passados impactados pelo atos de corrupção que envolveram a empresa, dentre outros fatores, o que tem impedido pagamento de dividendos aos acionistas.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado do ano em 2017, por sua vez, foi de 76,557 bilhões de reais, queda de 14 por cento ante o ano anterior, também em função da ação nos EUA e do programa de regularização de débito.

Com isso, o índice dívida líquida sobre Ebitda ajustado aumentou para 3,67 vezes em dezembro de 2017, após ter atingido 3,16 vezes em final de setembro.

"Excluindo-se o acordo da Class Action, a companhia apresentaria Ebitda ajustado de 87,755 bilhões e o índice dívida líquida/Ebitda ajustado de 3,20", disse a empresa.

O Ebitda ajustado somou 12,986 bilhões de reais no quarto trimestre, ante 24,788 bilhões de reais no mesmo período de 2016.

(Por Marta Nogueira e Roberto Samora)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos