PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Marun enxerga pesquisas como início de superação de blindagem negativa de Temer

17/04/2018 17h50

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou nesta terça-feira que a última pesquisa Datafolha aponta para uma melhora da “blindagem” negativa a que o presidente Michel Temer está sujeito, e se disse “otimista” com a possibilidade de um candidato do governo vencer as próximas eleições.

A sondagem apontou que 70 por cento dos entrevistados avaliam o governo como ruim ou péssimo, mesma taxa registrada no final de janeiro, e mostrou que 41 por cento atribuíram nota zero à administração Temer.

“Eu sinceramente começo a ver essas pesquisas como um início de superação daquela blindagem que se estabeleceu em torno do presidente e que impede que as notícias positivas, que são muitas, os resultados positivos do seu governo, que são muitos em todos os aspectos, sejam a ele creditados”, disse o ministros a jornalistas.

“Sinceramente, eu li aquela pesquisa e fiquei ainda mais otimista com relação às possibilidades de que um candidato que represente o governo possa vencer as eleições.”

Marun creditou parte da avaliação negativa do governo “aos petistas”, que segundo ele, são infuenciados pela proximidade do processo eleitoral e pelo momento emblemático vivido pelo partido com a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ao discorrer sobre os melhor colocados na pesquisa --Lula, que não deve conseguir garantir sua candidatura, o deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ), a ex-senadora Marina Silva (Rede), e o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa-- o ministro demonstrou otimismo e esperança que o país “caia na real”.

“Não é o momento de brincar de salvador da pátria”, comentou.

No levantamento do Datafolha sobre intenções de voto para presidente, Temer aparece entre 1 e 2 por cento, dependendo do quadro de candidatos.

 

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)