ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Mercado asiático recua pressionado por aumento das tensões comerciais entre EUA e China

18/06/2018 07h47

XANGAI (Reuters) - As ações asiáticas recuaram para uma mínima de duas semanas e meia nesta segunda-feira depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elevou as tensões comerciais ao ir em frente com tarifas sobre as importações chinesas, levando Pequim a responder imediatamente.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,43 por cento às 7:42 (horário de Brasília).

Os temores de uma guerra comercial global ampliavam a pressão sobre os preços do petróleo, que davam continuidade às perdas de sexta-feira, enquanto o dólar recuou da máxima de quase três semanas ante o iene. 

"Este parece ser o tema principal no qual os investidores se concentrarão... com qualquer nova escalada de tensão aumentando o risco de queda", disse Nick Twidale, analista da Rakuten Securities.

No entanto, muitos observadores do mercado acreditam que ainda há espaço para concessões, suspeitando que o anúncio de Trump foi uma tática de negociação para obter concessões mais rápidas de Pequim.

Os mercados da China e de Hong Kong ficaram fechados por conta de um feriado.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,75 por cento, a 22.680 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG permaneceu fechado.

. Em XANGAI, o índice SSEC não operou.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, não teve operações.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,16 por cento, a 2.376 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX não abriu.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,97 por cento, a 3.324 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,17 por cento, a 6.104 pontos.

Mais Economia