Bolsas

Câmbio

Delta Air Lines terá custo adicional com combustível de US$ 2 bi este ano, diz presidente

NOVA YORK (Reuters) - A Delta Air Lines espera 2 bilhões de dólares em custos adicionais neste ano devido ao aumento de despesas com combustível, disse nesta quarta-feira o presidente-executivo da companhia aérea norte-americana, Ed Bastian.

No início deste mês, a Delta atribuiu ao aumento anual de 50 por cento em custos de combustível a decisão de reduzir sua projeção do lucro no segundo trimestre para entre 1,65 dólar e 1,75 dólar por ação, de 2 dólares por ação anteriormente.

O gasto cada vez maior com combustível já pesou sobre os resultados da companhia aérea norte-americana no primeiro trimestre e levou a rival American Airlines a reduzir a estimativa de lucro anual em abril.

A Delta, que é uma das sócias da brasileira Gol, e os concorrentes esperam que uma demanda forte, preços mais altos das passagens aéreas e benefícios com redução na carga tributária nos EUA eventualmente compensarão o impacto dos preços mais elevados do combustível.

As ações da Delta recuaram cerca de 2 por cento nesta tarde, para 50,04 dólares, tendo desempenho pior que o do índice que reúne papéis do setor nos EUA.

(Por Alana Wise)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos