PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

S&P 500 recua com queda em ações de energia, mas setor financeiro se recupera

16/07/2018 18h31

NOVA YORK (Reuters) - O S&P 500 fechou ligeiramente em queda nesta segunda-feira, com a queda nos preços do petróleo pressionando ações de energia e compensando um salto nas ações do setor financeiro, após os resultados do Bank of America reforçarem expectativas de uma forte temporada de resultados nos EUA.

O índice Dow Jones subiu 0,18 por cento, a 25.064 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,1 por cento, a 2.798 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,26 por cento, a 7.806 pontos.

O setor de energia do S&P caiu 1,2 por cento, liderando as quedas percentuais entre os 11 principais setores do S&P. As ações da Exxon Mobil recuaram 1 por cento e da Chevron caíram 0,9 por cento. As ações ficaram entre as maiores quedas no índice de referência, junto com a Microsoft, que perdeu 0,5 por cento.

Os preços do petróleo mergulharam mais de 4 por cento, com a Líbia reabrindo os portos e operadores esperando um possível aumento na oferta da Rússia e outros produtores.

As ações do setor bancário subiram, revertendo as perdas de sexta-feira, quando o JPMorgan Chase, o Citigroup e o Well Fargo divulgaram seus resultados. O índice financeiro S&P 500 ganhou 1,8 por cento, liderando os ganhos do setor.

O Bank of America subiu 4,3 por cento, depois de seu lucro trimestral ter superado as expectativas de analistas por menores despesas e crescimento de empréstimos e depósitos. As ações do Goldman Sachs subiram 2,2 por cento antes da divulgação dos seus resultados na terça-feira.

(Por Caroline Valetkevitch; Reportagem adicional por Amy Caren Daniel)