PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Setor automotivo impulsiona índice acionário europeu para máxima de 2 semanas após acordo do Nafta

Por Kit Rees e Helen Reid

28/08/2018 14h00

LONDRES (Reuters) - O índice acionário europeu STOXX 600 atingiu a máxima de duas semanas nesta terça-feira depois que os Estados Unidos e o México chegaram a um acordo comercial, embora tenha devolvido os ganhos durante o dia para fechar com estabilidade apesar dos ganhos no setor automobilístico.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,05 por cento, a 1.508 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,03 por cento, a 385 pontos, depois de ter atingido a máxima de duas semanas com a notícia.O setor europeu de automóveis impulsionou os mercados, avançando 0,8 por cento depois que os Estados Unidos e o México concordaram na segunda-feira em revisar o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta). Isso pressiona o Canadá a aceitar os novos termos de comércio de automóveis e de solução de conflitos.

"O comércio é o principal fator que impulsiona os mercados agora", disse Jasper Reimers, analista de mercado da Vertex Capital Group.

"Vimos alguns avanços entre Estados Unidos e México, e a expectativa é de que eles comecem a se espalhar agora", completou.

As ações do setor de mineração também avançaram, com alta de 1,7 por cento, uma vez que preços do cobre subiram diante do enfraquecimento do dólar, o que torna os metais denominados em dólar mais baratos para os detentores de moedas estrangeiras.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,52 por cento, a 7.617 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,18 por cento, a 12.532 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,11 por cento, a 5.484 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,85 por cento, a 20.620 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,55 por cento, a 9.606 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,17 por cento, a 5.511 pontos.