ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Ibovespa fecha em queda com dúvidas sobre cena eleitoral

13/09/2018 17h05

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice brasileiro de ações teve queda nesta quinta-feira, puxado pelas ações da Petrobras e de bancos, conforme dúvidas sobre o desfecho da corrida presidencial manteve o mercado acionário brasileiro volátil.

O Ibovespa <.BVSP> caiu 0,58 por cento, a 74.686 pontos. O volume financeiro somou 8,5 bilhões de reais.

"O pregão foi afetado por incertezas eleitorais, mais recentemente pesquisas mostrando crescimento de candidatos de perfil mais à esquerda e as condições de saúde do candidato do PSL, Jair Bolsonaro", disse o analista Vitor Suzaki, da Lerosa Investimentos.

Bolsonaro, que vem liderando a preferência dos eleitores, voltou para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na madrugada desta quinta-feira, após passar por cirurgia de emergência na noite anterior.

Coordenador paulista da campanha de Bolsonaro, o deputado federal Major Olimpio, disse à Reuters que o candidato do PSL está fora da campanha na rua no primeiro turno.[L2N1VZ14A]

O analista-chefe da Rico Investimentos, Roberto Indech, disse que há dúvidas entre investidores sobre o quadro de Bolsonaro e potenciais desdobramentos, mas avalia que o foco deve continuar nas pesquisas eleitorais.

"Teremos que acompanhar evolução de Fernando Haddad, agora oficializado como candidato do PT, e o desempenho de Geraldo Alckmin, do PSDB, após duas semanas de horário eleitoral em rádio e televisão", afirmou.

Entre as sondagens no radar estão pesquisa encomendada pela Genial Investimentos, prevista para esta quinta, e levantamentos da XP Investimentos e pesquisa Datafolha aguardados para sexta.

DESTAQUES

- PETROBRAS PN caiu 1,27 por cento, em dia de queda dos preços do petróleo no exterior, embora o papel também continue vulnerável a especulações sobre o cenário eleitoral.

- BRADESCO PN cedeu 0,4 por cento e ITAÚ UNIBANCO PN caiu 0,55 por cento com o setor suscetível ao cenário eleitoral. SANTANDER BRASIL UNIT avançou 0,99 por cento, mas BANCO DO BRASIL caiu 1,34 por cento, tendo ainda no radar anúncio de reforma da Caixa de Assistência dos Funcionários (Cassi), com previsão de despesa adicional de 300 milhões de reais neste ano.

- MARFRIG caiu 5,19 por cento, em sessão negativa para o setor de proteína animal. MINERVA , fora do Ibovespa, recuou 5,83 por cento, tna esteria do anúncio de um aumento do capital de até 1,059 bilhão de reais.

- VIA VAREJO UNIT saltou 10,79 por cento, tendo como pano de fundo operações ligadas à conversão dos papéis em ações ordinárias no âmbito da migração da dona das redes Ponto Frio e Casas Bahia para o Novo Mercado, segundo operadores.

- MAGAZINE LUIZA caiu 3,32 por cento, em sessão negativa para o setor de varejo <.ICON>, após queda inesperada nas vendas do varejo no Brasil em julho.

- VALE subiu 0,62 por cento, em meio ao avanço dos preços do minério de ferro na China, dada a possibilidade de novas conversas entre EUA e China sobre a disputa comercial entre as duas maiores economias globais.

- BRASKEM valorizou-se 1,28 por cento, tendo de pano de fundo relatório do UBS elevando o preço-alvo das ações da petroquímica de 48 para 67 reais, enquanto manteve a recomendação 'neutra' para os papéis.

Mais Economia