ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

China diz estar pronta para negociar com os EUA e não vê vencedores em guerra comercial

John Geddie e Fathin Ungku

06/11/2018 07h53

A China está pronta para manter discussões e trabalhar com os Estados Unidos para resolver as disputas comerciais porque as duas maiores economias do mundo só têm a perder com o confronto, afirmou nesta terça-feira (6) o vice-presidente chinês, Wang Qishan.

Pequim e Washington adotaram tarifas sobre os produtos uns dos outros nos últimos meses, em uma disputa comercial que vem afetando os mercados financeiros e provocando dúvidas sobre a economia global.

Leia também:

O foco agora está sobre a reunião do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com o presidente chinês, Xi Jinping, no final do mês. Trump ameaçou impor mais tarifas sobre US$ 267 bilhões em importações chinesas, se os dois países não chegarem a um acordo sobre o comércio.

"Tanto a China quanto os EUA adorariam ver uma maior cooperação econômica e comercial", disse Wang ao Fórum Bloomberg New Economy em Singapura.

"O lado chinês está pronto para ter discussões com os EUA sobre questões de preocupação mútua e trabalhar por uma solução em relação ao comércio aceitável para ambos os lados", disse ele.

"O mundo hoje enfrenta muitos problemas que exigem cooperação próxima entre China e Estados Unidos", completou ele. "Acreditamos que a China e os EUA vão ganhar com cooperação e perder com confronto."

Como é difícil encontrar um produto "Made In Brazil" no comércio local

UOL Notícias

Mais Economia