Topo

Jornalista Ricardo Boechat morre aos 66 anos em acidente de helicóptero

11/02/2019 16h34

SÃO PAULO (Reuters) - Morreu nesta segunda-feira, aos 66 anos, o jornalista Ricardo Boechat, uma das duas vítimas fatais de um acidente com um helicóptero na Rodovia Anhanguera, em São Paulo.

Âncora do Grupo Bandeirantes, Boechat retornava à capital paulista após dar uma palestra em Campinas (SP) quando a aeronave em que estava, da marca Bell e prefixo PT HPG, caiu sobre um caminhão próximo ao Rodoanel e explodiu.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os dois passageiros do helicóptero --Boechat e o piloto, Ronaldo Quattrucci-- morreram carbonizados. Uma terceira vítima, o motorista do caminhão, foi socorrido pela concessionária CCR. Onze viaturas, além do helicótero Águia, foram mobilizadas ao local e o fogo, extinto.

A morte de Boechat, jornalista com passagens por redações como as de "O Globo", "O Estado de S. Paulo" e "Jornal do Brasil", gerou grande repercussão.

"É com pesar que recebo a triste notícia do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, que estava no helicóptero que caiu hoje em SP", escreveu o presidente Jair Bolsonaro no Twitter.

"Minha solidariedade à família do profissional e colega que sempre tive muito respeito, bem como do piloto. Que Deus console a todos", completou o presidente.

Boechat atualmente ancorava o Jornal da Band, na TV, e um programa da Rádio BandNews FM, que saiu do ar em respeito à morte do jornalista.

(Por Gabriel Araujo)

Mais Economia