Topo

Eletrobras não exerce opção para ter até 30% da Eletroacre, diz Energisa

30/05/2019 10h23

SÃO PAULO (Reuters) - A Eletrobras decidiu não exercer uma opção de aumento de participação para ter até 30% do capital da Eletroacre, distribuidora de energia responsável pelo fornecimento no Acre e controlada pela Energisa, segundo comunicado da Energisa nesta quinta-feira.

A concessionária de distribuição era controlada pela Eletrobras até ser adquirida pela Energisa em um leilão de privatização realizado em agosto passado.

As regras da licitação, no entanto, previam a possibilidade de dívidas da distribuidora junto à Eletrobras serem convertidas em participação na empresa após a desestatização.

A Eletrobras vendeu seis distribuidoras de energia no Norte e Nordeste no ano passado, todas com essa opção de posterior conversão de dívidas em capital.

Antes, a estatal já decidira não exercer a opção nas empresas Cepisa e Ceron, que operam no Piauí e em Rondônia e foram compradas pela Equatorial Energia e pela Energisa, respectivamente.

(Por Luciano Costa)

Economia